Torres Vedras

Agenda

"Viagem à Lua" e "O Imigrante"

Sessão dupla, musicada ao vivo

Até 21 de outubro 2018 | 16h00

Cinema O Imigrante

Evento já ocorrido

Local: Centro Social da Sociedade Filarmónica Ermegeirense
Destinatários: M/6

"Viagem à Lua"
França, 1902

Numa reunião do Clube Astronómico, o Professor Barbenfouillis (Georges Méliès) propõe que se tente uma viagem à Lua. Consegue o apoio de cinco outros membros e, juntos, supervisionam a construção do canhão que deve disparar a cápsula em forma de bala, que lhes servirá de transporte. Chegado o dia, é celebrado o evento com grande pompa e a cápsula é disparada. A aterragem na Lua decorre sem incidentes, mas os seis viajantes descobrem que existe uma raça hostil de habitantes, os Selenitas. Têm por isso de fugir de volta para a Terra, capturando um Selenita, que exibem à sua chegada.

Considerado um dos primeiros, senão o primeiro filme de ficção científica, é baseado nos romances "Da Terra à Lua" e "Os Primeiros Homens na Lua" dos visionários Júlio Verne e H.G. Wells respetivamente.

Realização: Georges Méliès
Género: Ficção Científica
Duração: 13 min
Classificação Etária: M/6


"O Imigrante"
EUA, 1917

Durante uma viagem de navio com destino à América, o novo mundo, um dos imigrantes (Charlie Chaplin) conhece uma mulher, mas logo de seguida os dois separam-se. O imigrante, recém-chegado a Nova Iorque e sem dinheiro, tenta encontrar trabalho ou alguma outra forma de ganhar dinheiro. Uma noite, ele reencontra a mulher num restaurante.

Realização: Charlie Chaplin
Género: Comédia, Drama
Duração: 23 min
Classificação Etária: M/6

Info: www.atv.pt 
Co-produção: ATV e Teatro-cine Torres Vedras


Atividade Gratuita


Integrado em Café Com Filmes | Cinema. Outras datas:

Numa cidade com alguma tradição no cinema, nomeadamente num passado cineclubista, é objetivo lançar e dinamizar uma série de atividades à volta do mundo do cinema e vídeo, sobretudo através da exibição de filmes que contribuam para a formação de olhares sobre o mundo, a sociedade, a descodificação da linguagem ou a criação de novos públicos.

Para isso tentamos inovar nas formas de apresentação, diversificando os géneros, as origens, mas também sempre que possível, complementando as exibições com informação diversa como trailers, recortes de imprensa, conversas com realizadores e cartazes originais dos filmes.

Depois de dois anos de exibição, com intervenções diversas que antecediam os filmes, o Café com Filmes inaugurou novo modelo de programação em 2012. Os filmes passaram a ser exibidos na sala principal e apenas ocorrerá uma intervenção especial no final de cada temporada, em junho.

Co-produção: ATV

voltar ao topo ↑