Torres Vedras

ART&TUR vai passar por Torres Vedras já no próximo mês

10.09.2019

É já em outubro…

Que Torres Vedras vai acolher o festival internacional de filmes de turismo ART&TUR, o qual se constitui como uma das 17 etapas do respetivo circuito internacional, em que se decide, anualmente, os dez melhores filmes de turismo do mundo.

331 filmes, oriundos de 52 países, vão estar em competição na edição deste ano do ART&TUR, sendo 219 submetidos à competição internacional e 112 à nacional.

Da secção TOURFILM predominam os relacionados com “Destinos Turísticos” (141), "Produtos Turísticos" (84), "Atrações Naturais" (54), "Experiências Memoráveis” (52) e "Atrações Culturais” (51); e na Secção DOC os relativos a “História&Património” (31), “Aventura, Expedições, Viagens” (30), “Natureza e Vida Selvagem” (30), “Arte, Música e Cultura” (26), “Etnografia e Sociedade” (22) e “Meio Ambiente e Ecologia” (22).

De realçar que o júri deste festival tem um carater verdadeiramente global já que inclui reputados peritos de 15 países de 4 continentes.

Esta 12.ª edição do ART&TUR 019 terá início no dia 22 de outubro, em Santa Cruz, no Noah Surf House, onde se realizará uma homenagem a Kazuo Dan (escritor e poeta japonês que passou por esta estância balnear no início dos anos 70), e terá lugar uma sessão especial dedicada ao surf, na qual se homenageará também várias personalidades que contribuíram de modo singular para a promoção internacional desta modalidade na região Oeste, entre os quais o torriense Sérgio Cosme.

O evento prosseguirá nos três dias seguintes em Torres Vedras: nos dois primeiros com a exibição de filmes no Teatro-Cine, no Edifício dos Paços do Concelho e no Bang Venue; e no último com a entrega de prémios. Paralelamente decorrerá no Teatro-Cine uma conferência internacional subordinada ao tema “Marketing Turístico e Gestão de Marcas de Destino”, organizada numa parceria com a CITUR – Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo.

O festival apresenta ainda, pelo segundo ano, a componente ART&FACTORY, com o mesmo objetivo: as equipas participantes terão de produzir um filme na semana anterior ao evento nos locais por si selecionados, para depois, o apresentarem numa sessão de exibição especial durante o mesmo.

Na conferência de imprensa de apresentação da edição deste ano do ART&TUR, realizada ontem, dia 9 de setembro, ao início da tarde, no Chafariz dos Canos, o presidente da Câmara Municipal afirmou, a propósito deste festival, que “hoje tem de se pensar local, mas tem de se olhar global”, fazendo “dos nossos territórios destinos turísticos de excelência”, sendo que este evento contribui para esse desiderato. Segundo Carlos Bernardes, “temos vindo a construir um destino com diversidade de oferta distinguida pela qualidade”, até porque atualmente “Torres Vedras é considerado um dos principais destinos de eventos em Portugal”, o que acarreta óbvios benefícios para a restauração e a hotelaria locais.

De recordar que o ART&TUR começou por se realizar em Barcelos, tendo o ano transato iniciado a sua itinerância pela Região Centro, com a sua passagem por Leiria, a que se seguirá a sua visita a Viseu e Aveiro.

Por essa razão esteve também presente na conferência de imprensa o presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, que reiterou na ocasião que a “consolidação do produto turístico passa pela diferenciação para que se torne atrativo”, fazendo, na sua opinião, sentido a realização do ART&TUR na região Oeste dado que é um território consolidado em termos turísticos.

O diretor do evento, Francisco Dias, justificou também a localização deste ano do mesmo, afirmando que “em Torres Vedras respira-se criatividade”, sendo um local “onde tudo acontece naturalmente”. Acrescentou ainda que “este não é um festival de massas”, é um “festival de nicho”, pelo que o impacto deste se avaliará sobretudo pelo número de notícias que irá gerar.

Refira-se ainda que este ano o ART&TUR oferece ao público a oportunidade de decidir prémios, tendo para o efeito sido criado um sistema de votação pública, disponível no site do festival, até 9 de outubro, que permite ao público votar nos seus filmes favoritos. 

voltar ao topo ↑