Torres Vedras

Corso Escolar leva 7000 crianças às ruas de Torres Vedras

09.02.2018

Corso Escolar leva 7000 crianças às ruas de Torres Vedras

O tradicional Corso Escolar saiu às ruas de Torres Vedras, para gáudio de todos os foliões, que não se deixaram assustar pela chuva que caía ao início da manhã.

Foram cerca de 7000 crianças e jovens, acompanhados por cerca de 1000 auxiliares e professores que abrilhantaram o coração da cidade torriense, mostrando o trabalho dos 72 estabelecimentos de ensino do concelho na preparação daquele que é um dos "pontos altos" dos festejos carnavalescos.

Pequenos polvos e estrelas-do-mar, piratas e nadadores salvadores, cavalos-marinhos e caranguejos, peixes e pescadores cujas redes mostravam o que polui os nossos mares, juntaram-se para encher o centro da cidade com a cor das serpentinas e o som frenético dos apitos que vibravam com mais força ao ouvir o "Samba da Matrafona".

Os cabeçudos dançavam ao som do Grupo de Bombos de Santa Maria de Jazente, que ao passar não deixavam ninguém indiferente. Afinal, o típico rufar dos tambores diz que está dado o pontapé de saída do Carnaval "mais português de Portugal", que teve um arranque abençoado por São Pedro.

As Majorettes de Wellington e um grupo de mascarados daquela cidade inglesa juntaram-se à festa, marcando a presença desta cidade geminada com o Município torriense.

É que hoje até as caravelas dos Descobrimentos rumaram a Torres Vedras, com heróis de um mar que promete 6 dias e 5 noites de folia.

As comemorações do Carnaval de Torres continuam hoje à noite, com a Chegada e Entronização dos Reis do Carnaval.

O momento decreta que durante estes dias a cidade fica entregue à Monarquia de Dona Sarda Escalada Pápinokada e Dom Neptuno Kugardanho Kadum Tamanho, com o Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras a entregar-lhes as chaves da cidade.