Torres Vedras

Freguesia do Turcifal vai contar com uma nova escola básica

10.12.2019

Fotografia da cerimónia de lançamento da primeira pedra

A construção da futura Escola Básica do Turcifal teve início hoje, com a cerimónia de lançamento da primeira pedra. O novo equipamento escolar, com capacidade para 231 crianças, concentrará todos os alunos da Freguesia do Turcifal que frequentem o ensino pré-escolar e o 1.º ciclo do ensino basico.

“Há anos que, no âmbito daquilo que é a nossa Carta Educativa, tínhamos planeado a execução desta nova escola”, que representa “eventualmente o maior investimento público realizado na Freguesia do Turcifal”, esclareceu na ocasião o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes.

O presidente da Junta de Freguesia do Turcifal, João Carlos Caldeira, aproveitou o momento para deixar uma palavra de agradecimento aos anteriores presidentes da Junta de Freguesia “que muito trabalharam e muito lutaram para que este dia fosse possível”. O autarca avançou que a Junta de Freguesia está “já a trabalhar em ideias para o futuro para dar nova vida aos edifícios” das escolas que irão ficar desocupados após o novo equipamento entrar em funcionamento.

A diretora do Agrupamento de Escolas Madeira Torres, Rita Sammer, referiu que esta é “uma obra há muito almejada e merecida pela comunidade educativa”, que vai oferecer melhores condições e recursos quer para a aprendizagem das crianças quer para o trabalho dos professores e educadores.

“Quem vive aqui tem o privilégio de ter uma autarquia que colocou a educação no centro das suas prioridades”, sublinhou na ocasião a secretária de Estado da Educação, Susana Amador, realçando ainda a importância do investimento nesta área para o desenvolvimento do território. 

A cerimónia prosseguiu com a assinatura da comunicação relativa à aprovação do plano de segurança e saúde, a leitura de duas cartas escritas pelos alunos da atual Escola Básica do Turcifal e a assinatura do auto de notícia da obra, a que se seguiu o lançamento da primeira pedra da mesma.

A futura escola irá contar com seis salas de aula do 1º ciclo, com capacidade máxima para 156 alunos, e três salas de educação pré-escolar, com capacidade máxima para 75 alunos.  Aos espaços de ensino irão juntar-se as seguintes valências: uma sala polivalente, uma sala de música ou TIC, uma sala de docentes, uma sala de não docentes, duas salas de trabalho e atendimento, uma biblioteca, uma copa, um refeitório e espaços de recreio coberto e descoberto.

A construção deste novo equipamento, adjudicada à empresa Joaquim Fernandes Marques & Filho, representa um investimento total de 2.305.500 euros e tem um prazo de execução de 18 meses.

voltar ao topo ↑