Torres Vedras

Gabinete Técnico Florestal

01.05.2016

Colaboradores do Gabinete Técnico Florestal

Sabia que o Concelho de Torres Vedras possui 16.857 ha de espaços florestais (que engloba, todos os terrenos ocupados com floresta, matos e pastagens ou outras formações vegetais)?

Sabia que as freguesias do Ramalhal, União das Freguesias de Maxial e Monte Redondo e União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira são as freguesias que apresentam maior área florestal?  Sabia que o eucalipto é a espécie florestal mais representativa, uma vez que ocupa 67,8 % da área florestal do concelho?

Sabia que há um gabinete da câmara municipal que toma conta da nossa floresta? Nesta edição apresentamos-lhe o Gabinete Técnico Florestal (GTF), composto por Filipa Araújo, Paulo Rodrigues, Luís Gomes e Sandra Pedro, que trabalham para preservar o que é de todos nós.

O Gabinete Técnico Florestal tem como principal objetivo centralizar as atribuições da Comissão Municipal de Defesa da Floresta (CMDF), traduzidas nas ações de defesa da floresta contra incêndios ao nível municipal. Encontra-se em funcionamento desde abril de 2005, integrado na Divisão de Gestão de Áreas Urbanas. Assim, O GTF:

  • Apoia a Comissão Municipal de Defesa da Floresta;
  • Elabora e atualiza o Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios;
  • Acompanha e operacionaliza os programas de ação previstos na CMDF;
  • Elabora, anualmente, o Plano Operacional Municipal;
  • Participa nas tarefas de planeamento e ordenamento dos espaços rurais do município;
  • Promove e fiscaliza o cumprimento da legislação que estabelece as medidas e ações a desenvolver no âmbito do Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios;
  • Promove a sensibilização junto dos munícipes;
  • Centraliza a informação relativa a incêndios florestais;
  • Gere o Sistema de Informação Geográfica de Defesa da Floresta contra Incêndios;
  • Emite pareceres de arborização/rearborização;
  • Dá resposta a pedidos/reclamações referentes a limpezas nas faixas de gestão de combustíveis e notifica os proprietários com comportamentos negligentes;
  • Coordena a equipa de Sapadores Florestais;
  • Acompanha as políticas de fomento florestal;
  • Acompanha e presta informação no âmbito dos instrumentos de apoio à floresta;
  • Promove políticas e ações, em espaço público, de controlo e erradicação de agentes bióticos (pragas e doenças) e defesa contra agentes abióticos (fogos florestais e outras catástrofes);
  • Acompanha as ações de fogo controlado;
  • Realiza a avaliação técnica e monitoriza árvores caídas ou em risco de queda, em áreas públicas, e acompanha os trabalhos de corte e remoção das mesmas.

Quem é quem?

Sandra Pedro

(Chefe de Divisão de Gestão de Áreas Urbanas)

Filipa Araújo

(Responsável pelo Gabinete Técnico Florestal)

Paulo Rodrigues

(Fiscal Municipal da Área de Ambiente)

Luis Gomes

(Fiscal Municipal da Área de Ambiente)

O Gabinete Técnico Florestal alerta para o facto de 2016 ser um ano com elevado risco de incêndio. Esteja atento e cuide do que é de todos!

 

voltar ao topo ↑