Torres Vedras

Kolosso

01.11.2013

Kolosso

“No ano de 2006 fui convidado pelo escultor Gonçalo Condeixa a participar no "1º Simpósio Internacional de Escultura de Ar Livre de Odemira", organizado pela Associação "Sopa dos Artistas" da mesma localidade. A escultura "Kolosso" foi feita nesse âmbito.

Os pressupostos eram simples: realizar uma escultura de ar livre no espaço limite de duas semanas. "Queres participar? Sim". Poderíamos optar pela madeira ou pelo aço. Escolhi o aço pela durabilidade e pela facilidade e rapidez de execução. Por outro lado já há algum tempo que não fazia nada em aço e tinha saudades.

Kolosso

Quando cheguei a Odemira não sabia minimamente o que iria fazer. Este tipo de simpósios não consentem fases prévias de projectação, recolhem-se os materiais, a partir daquilo que está disponível, e trabalha-se. É necessária prontidão conceptual e acima de tudo intuição, não é um tipo de trabalho que permita grandes metodologias científicas.

O tempo conceptual é feito na execução, pensa-se fazendo, faz-se pensando, não há desfazamento. Em escultura, realização e concepção fundem-se num só momento.

Na visita que fizemos a um sucateiro local em busca de materiais, as formas que as molas de suspensão de camiões me sugeriram levaram-me a escolhê-las como base de trabalho. Aqueles arcos de circunferência permitiam-me formalizar no espaço as concavidades e as convexidades dos membros inferiores de um corpo humano a uma escala monumental, o fragmento de um colosso, reminiscência miniaturizada do de Rhodes.”

O tempo conceptual é feito na execução, pensa-se fazendo, faz-se pensando, não há desfazamento. Em escultura, realização e concepção fundem-se num só momento.

João Castro Silva
01/09/2013

Kolosso

  • Localização: Centro de Educação Ambiental – Parque Verde da Várzea
  • Data de criação: 2006
  • Data de instalação: 2013 
  • Autoria: João Castro Silva (1966 - ) 

 

João Castro Silva

  • Nasce em 1966 em Lisboa
  • 1992 -Licenciado em Escultura. FBAUL
  • 1994 -Frequência do Curso "Bronze Casting" Royal College of Art– Londres
  • 2001 -Mestre em História da Arte, ULL
  • 2010 -Doutor em Escultura, FBAUL
  • É Professor Auxiliar do curso de Escultura na FBAUL
  • Expõe desde 1991 e indivudualmente desde 1996

Prémios

  • 1993 -1º Prémio no Concurso "Os Jovens e a Arte", CMA
  • 1998 -2º Prémio do “ll Simpósio Internacional de Escultura em Ferro de Abrantes”.
  • 1999 -Menção Honrosa -Prémio Fundação Calouste Gulbenkian- no "lll Concurso de Jovens nas Artes -Francisco Wandscheider" Culturgest, Lisboa.
  • 2005 -Prémio Doutor Gustavo Cordeiro Ramos. Academia Nacional de Belas Artes.

Trabalhos em locais públicos

  • Rotunda da Areia - Quinta da Marinha, Cascais
  • Área de Serviço Repsol - Auto-Estrada do Oeste, sentido Norte / Sul.
  • Edifício sede da B.Braun Medical LDA, Queluz de Baixo.
  • Fábrica da Cultura, Amadora.
  • Rotunda viária no Bairro da Vila Morena, Torres Vedras.
  • Parque do Alto de Sto. António, Abrantes.
  • Montauban, França.
  • Montjean-sur-Loire, França.
  • Igreja de S. José Carpinteiro, Catujal, Loures.
  • Centro Cultural Eng. Adolfo Roque, Barro, Águeda.
  • Parque da Lavandeira, Oliveira do Douro/ Gaia.
voltar ao topo ↑