Torres Vedras

Silfesan

01.07.2015

Silfesan

A Silfesan é uma empresa de metalomecânica da Bordinheira cuja atividade tem a sua génese nos anos 80 quando Silvino Feijão dos Santos começou a trabalhar por conta própria.

Anteriormente trabalhara na fábrica de lixívias desta localidade e com máquinas dessa unidade fabril iniciou o seu próprio negócio.

No início, este centrou-se em boa medida em trabalhos direcionados para os setores das lixívias e detergentes e agrícola (alfaias, reboques, estruturas para estufas), mas viria posteriormente a direcionar-se para outras vertentes como a maquinação e a execução de estruturas metálicas para usos não agrícolas. Atualmente, mais de metade da produção da Silfesan, que foi fundada em 1992 quando Silvino Feijão dos Santos deixou de trabalhar em nome individual, abrange esse tipo de estruturas metálicas, muitas delas para manutenção de veículos aéreos.

Silfesan

Para além dessas estruturas, saliente-se também da produção da Silfesan os contentores para resíduos sólidos urbanos, os chassis, peças metálicas de pequena dimensão e os equipamentos agrícolas. Uma das mais recentes apostas desta empresa é a execução de esculturas metálicas. De referir, a título de curiosidade, que a estrutura do elétrico de cortiça criado pelo torriense Pedro Vasa que esteve recentemente em exposição no Kennedy Center (em Washington) foi executado pela Silfesan.

A carga burocrática em Portugal é um empecilho para as empresas - Silvino Feijão dos Santos

Cerca de 60% da produção desta firma é exportada para países dos mais variados pontos do globo como França, Alemanha, Irlanda, Argélia, Cabo Verde, Angola, Sudão, África do Sul, Chile, Austrália ou Nova Zelândia. Respondendo a encomendas de clientes que comercializam os seus produtos por todo o mundo, a Silfesan tem, dessa forma, levado o nome de Torres Vedras além fronteiras.

O seu crescimento tem sido de resto ultimamente bastante acelerado, o que é constatável pelo facto de nos últimos seis anos mais que ter duplicado o número de trabalhadores.

As empresas muitas vezes são como famílias - Silvino Feijão dos Santos

O investimento desta empresa em equipamentos também tem sido grande, contando a mesma inclusivamente com tecnologia de ponta da respetiva área. Atualmente possui um moderno conjunto de equipamentos que abrange todas as áreas produtivas do setor da metalomecânica (como o corte, a soldadura, a quinagem, a calandragem, o torneamento e a fresagem), para além da pintura, bem como um setor de elaboração de projetos, o que possibilita o desenvolvimento e execução de uma vasta gama de produtos.

Silfesan

As instalações da Silfesan ocupam cerca de 7 mil m2, sendo aproximadamente 3 mil de área coberta, distribuídos por 3 pavilhões.

De referir que esta firma tem também apostado na sua certificação e é atualmente uma PME líder.

A especialização é importante para se ter sustentabilidade - Silvino Feijão dos Santos

Para além disso, tem acolhido com frequência estagiários, nomeadamente do CENFIM (Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica).

É também prática comum da Silfesan apoiar eventos locais, sendo a patrocinadora da equipa de pesca da ACDR da Bordinheira.  

  • Nome: Silfesan, Lda
  • Localização: Calçada dos Moinhos, n.º12 - Bordinheira  2565-836 Torres Vedras
  • Fundação: 1992
  • N.º de funcionários: 54
  • Área de atividade: metalomecânica
  • Faturação: 3,5 milhões de euros
  • Gerência: Silvino Feijão dos Santos
  • Contactos: 261 331 335; www.silfesan.pt; geral@silfesan.pt