Torres Vedras

Presidente

Carlos Manuel Antunes Bernardes

Tem 50 anos, reside no Turcifal, concelho de Torres Vedras, e gosta de viajar.

É presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras desde 1 de dezembro de 2015.

É também Embaixador Quality Coast e membro do Comité Consultivo Político da CIVITAS Initiative.

Em setembro de 2016 foi nomeado Embaixador Green Destination para a Europa.

Ao longo do seu percurso, participou, em Portugal e no estrangeiro, em várias conferências, seminários, workshops e cursos relacionados com turismo, ambiente, sustentabilidade e mobilidade, entre outras áreas.

Formação Académica:

  • Doutorado em Turismo, no IGOT/ESHTE, Universidade de Lisboa, em 21 de dezembro de 2015;
  • Pós Graduado em Turismo (CFA), pelo IGOT, Universidade de Lisboa, no ano letivo 2011/2012;
  • Licenciado em Gestão de Empresas Turísticas e Hoteleiras, no Instituto Superior Politécnico do Oeste, em 2011

Experiência Profissional:

  • Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, desde 1 de dezembro de 2015;
  • Presidente do Conselho de Administração dos SMAS de Torres Vedras desde 1 de dezembro de  2015;
  • Vice-Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, de 2005 a 2015;
  • Vereador da Câmara Municipal de Torres Vedras dos Pelouros de Ambiente e Serviços Urbanos, de 2003 a 2005;
  • Vereador do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, de 1997 a 2001;
  • Adjunto e Secretário do Gabinete de Apoio Pessoal ao Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, de 1994 a 1997;
  • Secretário da Junta de Freguesia do Turcifal, de 1989 a 1997;
  • Funcionário Público, desde 1988;
  • Guia Transferista na Empresa Intercentro, Grupo Eurolines, responsável pela linha de Málaga, de 1986 a 1993;

2018, ano de esperança

22.01.2018

Estamos a iniciar 2018 e trazemos nesta caminhada a esperança de milhões de portugueses e, em particular, dos torrienses. São sonhos profissionais, pessoais e familiares mas também os anseios coletivos da nossa comunidade.

O município, através das suas instituições representativas, Câmara Municipal, Serviços Municipalizados e Promotorres, irão procurar, como habitualmente, dar corpo a esses anseios.

Seria fastidioso reproduzir aqui todos os projetos que estão previstos para este ano, pelo que me limitarei às grandes linhas, destacando um ou outro projeto que reputamos de grande interesse pelo seu impato nalgumas áreas de atividade dos torrienses.

Assim, destaque para Requalificação da zona envolvente ao Centro de Artes e Criatividade, para além do próprio Centro. É um projeto, inserido num Plano mais vasto e que abrange o antigo Matadouro Municipal e toda a sua envolvência, elevando a dignificação daquela zona.

A requalificação da Unidade de Saúde da Ventosa, irá permitir melhorar as condições de trabalho dos profissionais de saúde e de atendimento da população daquela freguesia.

Vamos continuar a modernizar o nosso parque educativo, na convicção de que os cidadãos de amanhã serão melhores se tiverem hoje condições excelentes de crescimento e de aprendizagem. Exemplo disto será a EB de S. Pedro da Cadeira, a que se seguirão outras infraestruturas.

Preservar e conservar a linha de costa do território; prevenir e minimizar o risco associado à instabilidade das arribas; assegurar a fruição pública em segurança das zonas costeiras, são objetivos fundamentais do Plano de Proteção costeira das Praias Azul e Formosa em que vamos estar empenhados.

Uma palavra especial para um acontecimento do final de 2017 mas que se vai desenvolver em 2018: Torres Vedras e Alenquer são "Cidade Europeia do Vinho" em 2018. É o reconhecimento internacional de duas regiões que se complementam e se transformam numa só, com evidentes vantagens na promoção dos vinhos e do turismo.

Os SMAS vão continuar a colocar a tónica da sua atividade na qualidade do serviço aos consumidores. Projetos de destaque, a 4ª fase da telegestão, o Reservatório de Monte Redondo/Loubagueira e o emissário do Vale da Azenha, entre outros.

A empresa municipal Promotorres, desenvolverá os seus principais esforços nos eventos ex-libris de Torres Vedras, o Carnaval e a Feira de S. Pedro, a par de outras atividades, como a gestão do sistema de mobilidade da cidade.

Por último, mas não menos importante, desejo que cada um de vós tenha um ano de 2018 à medida dos vossos melhores desejos, carregado de sucessos pessoais, profissionais e familiares, com a certeza que continuará a ser bom viver no município de Torres Vedras.