Torres Vedras

Liberdade trazida por abril de novo comemorada pelo Município

27.04.2021

Imagem da intervenção de José Augusto de Carvalho na Sessão Solene da Assembleia Municipal evocativa da

A Liberdade trazida pela “Revolução dos Cravos” tem sido comemorada pelo Município durante o mês de abril.

Das atividades do programa comemorativo concebido pelo Município para assinalar o 47.º aniversário dessa revolução saliente-se a sessão solene da Assembleia Municipal evocativa deste histórico acontecimento, a qual aconteceu na manhã do dia 25 de abril, no Teatro-Cine.

Um momento marcado pelos discursos, em que usaram da palavra, primeiramente, o presidente da Junta da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães, Francisco Martins, e os membros da Assembleia Municipal João Rodrigues (representante do BE), Pedro Castelo (representante do CDS/PP), Maria Teresa Oliveira (representante da CDU), Pedro Vaza (representante do PSD) e Rui Pedro Lopes (representante do PS).

Após os discursos destes intervenientes foi a vez de usar da palavra o presidente da Câmara Municipal, Carlos Bernardes, que aproveitou a ocasião para relembrar o trabalho que o Município tem efetuado para se fazer face no Concelho à pandemia provocada pela doença COVID-19, bem como para fazer um ponto de situação em relação ao trabalho da entidade que dirige em áreas como a Saúde, a Educação e a Habitação.

A concluir o período de discursos da sessão solene da Assembleia Municipal evocativa da Revolução de 25 de abril de 1974 usou da palavra o presidente da Assembleia Municipal, José Augusto de Carvalho, que recordou na ocasião os tempos adversos vividos no país que antecederam a “Revolução dos Cravos” e o desenvolvimento que se verificou no mesmo após essa revolução. “Somos uma comunidade laboriosa e fraterna, que tem trilhado ombro a ombro os caminhos do futuro, com erros e insuficiências como é próprio das comunidades humanas, mas com orgulho. Temos muito de bom a entregar às novas gerações” afirmou José Augusto de Carvalho no término da sua intervenção, à qual se seguiu um momento de declamação de poemas realizado por alunas do 3.º ciclo do ensino básico da Escola EB 2,3 da Freiria.

À sessão solene da Assembleia Municipal evocativa da “Revolução dos Cravos” seguiu-se a inauguração das obras de requalificação da Praça 25 de Abril e, à tarde, do Centro de Artes e Criatividade.

Do programa comemorativo do 47.º aniversário da “Revolução dos Cravos” promovido pelo Município saliente-se outras iniciativas, como o ciclo de tertúlias dinamizado pelo Espaço Primavera – Centro Municipal da Juventude durante o mês de abril. “25 de abril – Democracia, múltiplas identidades e ser jovem”, “Democracia 3.0 – A Era Digital e a Desinformação” e  “25 de Abril em Tempos de Pandemia: Reinventar a Arte e a Cultura” foram os temas dessas tertúlias, que se realizaram por meio da plataforma online Zoom, as quais tiveram como moderadora Corina Lozovan e como oradores João Pedro Videira (presidente do Conselho Nacional de Juventude), Maria Marques (Associação Mais Cidadania), Bernardo Branco Gonçalves (fundador da Associação Discurso Paralelo), Vasco Ferreira (presidente da Associação dos Jovens Auditores da Defesa Nacional), Alexandra Botelho (técnica do Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais e representante da área governativa da Cultura no Plano Nacional de Juventude), Teodoro Ribeiro (porta-voz do grupo Kola San Jon, da Associação Cultural Moinho da Juventude) e Marta Silva (diretora artística do “Largo Residências”, projeto afeto à Cooperativa Cultural SOU LARGO).

Os espetáculos culturais é outra das vertentes do programa comemorativo promovido pelo Município para assinalar o 47.º aniversário da “Revolução dos Cravos”, o qual inclui a transmissão, por meio da página de Facebook do Teatro-Cine, dos concertos Intervenção (de Rúben Monteiro) e Cidade Inacabada (da dupla Guarda Rios), da peça de dança contemporânea Under Construction (criada e interpretada por Paulina Bedkowska, Katarzyna Paluch e Leon Stille) e do espetáculo multidisciplinar A Descaminho da Liberdade (de Andresa Soares). 

De mencionar também do referido programa comemorativo a atividade “Cantos de Liberdade – Dizer poemas para celebrar abril”, a qual aconteceu por meio da página de Facebook da Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino, envolvendo alunos do 3.º ciclo do ensino básico da Escola EB 2,3 da Freiria orientados pela professora Cristina Antunes. De referir que alguns dos poemas apresentados no âmbito desta atividade foram posteriormente declamados na sessão solene da Assembleia Municipal evocativa da “Revolução dos Cravos”.

O 25 de abril foi assinalado pelo Município ainda com um conjunto de outras atividades, no domínio artístico: com uma oficina de linogravura (orientada por Mariana Santos), realizada no espaço cultural Porta 5; com a atividade “O meu olhar é livre”, realizada a partir da página de Facebook da Paços – Galeria Municipal, em que elementos da Academia Visual partilharam o seu olhar sobre a Liberdade através da arte contemporânea; e com as atividades/desafios “Os artistas dão respostas II” e “Que palavras escrevem a Liberdade?”, em que se convidou artistas e população, respetivamente, a dar a conhecer trabalhos relacionados com a temática da Liberdade, para apresentação igualmente na página de Facebook da Paços.


Última atualização: 31.05.2021 - 18:34 horas
voltar ao topo ↑