Torres Vedras

Orçamento Participativo

Em 2019, a Câmara Municipal de Torres Vedras promoveu a 4.ª edição do Orçamento Participativo de Torres Vedras. O objetivo da iniciativa passou por reforçar a participação da comunidade local, estimulando o trabalho de todos em torno de uma melhor qualidade de vida no Concelho.

O formato desta edição apresentou várias novidades, como o facto de existirem duas tipologias distintas de projeto: Freguesia e Supra Freguesia. Desta forma, além das propostas direcionadas a cada uma das 13 freguesias do Concelho, os munícipes puderam apresentar ideias que englobassem três ou mais freguesias.

As sessões participativas presenciais, que decorreram em todas as freguesias, tiveram como objetivo recolher propostas para cada uma das freguesias em concreto, no âmbito da tipologia “Projeto para a Freguesia”. Já a sessão participativa online, que se assumiu como outra das novidades desta edição, visou recolher as propostas que se inseriram no âmbito do “Projeto Supra Freguesia”.

O orçamento da Câmara Municipal direcionou 300 mil euros para a implementação dos projetos vencedores. A execução de cada "Projeto para a Freguesia" não pôde exceder o valor máximo de 11 500,00 € (com IVA incluído), enquanto a execução de cada "Projeto Supra Freguesia" não pôde exceder o valor máximo de 50 000,00 € (com IVA incluído). Cada tipologia de projeto contou com o montante máximo global de 150 mil euros.

O Orçamento Participativo de Torres Vedras pretende implementar ideias e projetos propostos pela população. Para isso, foi fundamental a participação de todos, quer nas sessões presenciais, que decorreram entre 13 de maio e 19 de junho, quer na sessão participativa online – através do site da Câmara Municipal de Torres Vedras - realizada no dia 24 de junho.

As propostas que saíram desta primeira fase foram alvo de análise técnica, que decorreu entre os dias 1 e 12 de julho.  Já a votação final dos projetos do Orçamento Participativo de Torres Vedras decorreu entre 9 e 29 de setembro, tendo sido possível votar através de três formas distintas: online, nas juntas de freguesia e via SMS.



Conteúdos desta página

  1. Objetivos
  2. Áreas dos projetos
  3. Montantes
  4. Contactos
  5. Documentos 


Objetivos

O Orçamento Participativo tem os seguintes objetivos:

  • Promover a participação informada, ativa e construtiva dos munícipes nos processos de governança local
  • Aproximar os munícipes dos órgãos de decisão, aumentando a transparência da atividade governativa
  • Fomentar uma sociedade dinâmica e coesa
  • Conhecer e responder às reais necessidades e aspirações da população
  • Contribuir para reforçar processos de sustentabilidade local pré-existentes e concretizar projetos considerados prioritários pela comunidade

Áreas

Os projetos devem estar alinhados com a estratégia de desenvolvimento sustentável e de melhoria da qualidade de vida que tem vindo a ser seguida em Torres Vedras, ganhando assim enquadramento e coerência, sendo classificados pelas seguintes áreas temáticas de intervenção:

  • Educação e juventude
  • Comércio local e turismo
  • lnfraestruturas viárias, segurança, trânsito, transportes públicos e estacionamento
  • Apoio a grupos vulneráveis (mulheres, LGBTI, crianças, adolescentes, idosos, pessoas com deficiência e minorias étnicas)
  • Espaço público, espaços verdes e ambiente natural
  • Comportamentos cívicos, ambientais e solidários
  • Ciclovias e mobilidade pedonal
  • Habitação, urbanismo e reabilitação urbana
  • Saneamento, águas, esgotos e resíduos sólidos
  • Saúde
  • Criação de emprego, formação, empreendedorismo e apoio ao tecido empresarial
  • Desporto e cultura
  • Espaço florestal e agrícola
  • lnovação e conhecimento

As propostas apresentadas para a tipologia Projeto Supra Freguesia e para a mesma área temática de intervenção não poderão ultrapassar 1/3 do respetivo orçamento definido pela Câmara Municipal de Torres Vedras.


Montantes

Ao Orçamento Participativo foi atribuído em 2019 um valor mínimo de 300 000,00 € para financiar os projetos que os cidadãos elegerem como prioritários de acordo com as tipologias:

  • Projeto para a Freguesia
  • Projeto Supra Freguesia

A execução de cada Projeto para a Freguesia não pôde exceder o vator máximo de 11.500,00 €, já com IVA incluído, até ao montante máximo global de 150 000,00 €. O valor máximo atribuído a cada freguesia foi de 11.500,00 €.

A execução de cada Projeto Supra Freguesia não pôde exceder o valor máximo de 50.000,00€, já com IVA incluído, até ao montante máximo global de 150.000,00 €.

Os projetos Supra Freguesia devem corresponder a propostas cuja implementação se faça em três ou mais freguesias.

A Câmara Municipal de Torres Vedras compromete-se a cabimentar os projetos selecionados pelos cidadãos nas opções do plano e proposta de orçamento para o ano em curso e eventualmente seguintes, se aplicável.


Contactos


Documentos



Próximas datas:



Notícias

Imagem da Notícia Orçamento Participativo: Intervenção na Associação do Bonabal está concluída
Imagem da Notícia Antes da sua 5.ª edição, Orçamento Participativo foi alvo de reflexão
Imagem da Notícia Acordos para a execução dos projetos do Orçamento Participativo assinados
Imagem da Notícia Orçamento Participativo de Torres Vedras financia 16 projetos para o concelho
Imagem da Notícia 60 propostas na próxima fase do Orçamento Participativo
Imagem da Notícia 24 propostas apresentadas na sessão online do Orçamento Participativo
voltar ao topo ↑