Torres Vedras

Antero Valério

04.05.2017

Antero Valério é um artista torriense conhecido localmente em boa medida pelo painel de azulejos alusivo aos 75 anos do Carnaval de Torres, da sua autoria, patente na zona fronteira do antigo Terminal Rodoviário.

Nasceu em Torres Vedras em 1960, residindo atualmente em Lisboa, onde se diplomou em Pintura pela Escola Superior de Belas Artes, em 1988.

Divide a sua atividade na área da Pintura com a docência de Artes no ensino Secundário, trabalhando ainda em outras áreas artísticas como a Banda Desenhada, o Cartoon, a Ilustração e o Design Gráfico.

Também da sua autoria é o painel intitulado “Um dia vou ser”, que está patente no recente Centro Educativo da Ventosa, que foi inaugurado em 2013.

Para além de estar representado na coleção da Câmara Municipal, Antero Valério está também representado em diversas exposições particulares em Portugal e Espanha.  

Paralelamente a exposições individuais, trabalhos seus têm também integrado exposições coletivas em vários locais de Portugal (Torres Vedras, Odivelas, Lisboa e Porto) e inclusivamente até em Nova Iorque (“Contemporary Portuguese Art in New York”, Jadite Galleries). Tem ainda realizado outros trabalhos como a conceção de capas de álbuns musicais e colaborado em diversas publicações.

De referir também do seu percurso artístico o 2.º Prémio do Público e Menção Honrosa do Júri da Organização no 1.º Concurso de Desenho Humorístico Emmerico Nunes, em Sines (2012), o 1.º prémio no concurso de BD “O Inventor” do Jornal Se7e (1987) e uma menção honrosa no concurso de BD “Bartolomeu Dias” do Centro Nacional de Cultura (1988).

 

 

Exposições individuais:

2015. “Vê de Valério”, Centro de Cultura Contemporânea, Torres Vedras

2013. “RetooNação”, Centro de Cultura Contemporânea, Torres Vedras 

2011. “(in)finito”, Centro de Cultura Contemporânea, Torres Vedras

2009. “Passado recente”, Galeria EITV, Torres Vedras

             “Cartoons”, Centro Cultural e de Congressos, Caldas da Rainha

2003. “Cantos do círculo”, Galeria Municipal, Torres Vedras

2002.  ArdeBar, Santa Cruz

2001. “Graciosa alegria”, Museu da Graciosa, Açores

2000. “Viagens na minha terra”, Fábrica das Artes, Torres Vedras

1999. “Alegria! Alegria!”, Câmara Municipal, Torres Vedras

1989. “Memórias de um castelo e outras histórias”, Galeria Florarte, Caldas da Rainha

1983. “Desenhos do quotidiano”, Salão Nobre do Hospital Termal, Caldas da Rainha