Torres Vedras

Monumento de homenagem aos "madeireiros"

04.10.2019

Situa-se na rotunda da localidade das Palhagueiras, povoação cujos habitantes são conhecidos pela atividade de produção de madeira.

Trata-se de uma “homenagem às profissões duras e de poucos recursos do passado, onde o corte, carregamento e transporte da madeira se fazia de sol a sol à base da força humana, o trabalhar ao ar livre era o privilégio interrompido pela chuva ou calor intenso”.

De referir que este monumento foi concebido a partir de fotos da época a que alude, tendo sido inspirado nos pioneiros daquela atividade na zona das Palhagueiras - José Marta (de barrete) e José Filipe (de boné) -, os quais ilustram e honram a profissão de “madeireiro”. Homenageia assim não apenas os atuais “madeireiros” palhagueirenses mas também os do passado.

A obra nasceu graças à Câmara Municipal, à Junta da Freguesia de A dos Cunhados, à empresa Gulliver, a José Francisco Rodrigues Filipe, a Fernando Marques e filhos, à empresa Cláudio e Moreira, a Mário José Santos Paulo, à empresa Poder da Selva, à empresa Copiar e Cortar, a António José Marques e a Belarmino Filipe.

De referir que marcaram presença na inauguração deste monumento o na altura presidente da Câmara Municipal, Carlos Miguel, bem como a à época presidente da Junta da Freguesia de A dos Cunhados, Cristina Abreu.

 

  • Autoria: José e Belarmino Filipe (conceção) / Gulliver
  • Data de inauguração: 3 de outubro de 2009
  • Localização: rotunda entre a Rua Simão e a Rua Principal, Palhagueiras

voltar ao topo ↑