Torres Vedras

Reposição da energia eléctrica é prioridade (actualização 25/Dez - 18h55)

25.12.2009

Reunião desta tarde da Comissão Municipal da Protecção Civíl

Teve lugar esta tarde mais uma reunião da Comissão Municipal da Protecção Civíl que contou com a presença do Governador Civíl de Lisboa, António Galamba, e do Comandante Distrital da Protecção Civíl, Elísio Oliveira.

Como balanço da reunião desta tarde, a situação mais problemática continua a ser a falta de energia eléctrica em 20 localidades do concelho, afectando cerca de 8.000 habitantes. A EDP está no terreno a trabalhar no sentido de resolver a situação, sendo actualmente a prioridade as linhas de alta e média tensão, dado que quando em funcionamento benefeciam maior número de residências. As freguesias prioritárias são as de S. Pedro da Cadeira, Silveira e Outeiro da cabeça, devido à densidade populacional. Durante o dia de amanhã, dia 26, o efetivo da EDP será reforçado com equipas vindas de todo o país com o objectivo de dar ainda uma resposta mais célere ao problema.

Relativamente ao abastecimento de água, a situação está praticamente normalizada, seja pela reposição de energia eléctrica onde antes tinha falhado, seja através do recurso a geradores. Também as unidades agró-pecuárias estão neste momento a ter o apoio dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras através do fornecimento de água por camiões cisterna.

Actualmente existe uma pessoa realojada, estando a situação a ser devidamente acompanhada pela Segurança Social, tendo as pessoas que anteriormente foram realojadas regressado às suas casas ou para as de familiares.

Quer a PSP, quer a GNR, não têm registo de nas ultimas horas terem existido furtos ou acidentes de viação directamente relacionados com a situação, estando as Estradas de Portugal, em conjunto com o Sector de Trânsito da Câmara Municipal, a trabalhar na reposição da sinalética das estradas nacionais e municipais.

Durante o dia de amanhã a remoção de destroços irá continuar por parte dos serviços de Higiene Pública e da equipa dos Sapadores Florestais da Câmara Municipal, contando também com a colaboração de madeireiros e sucateiros privados.

Pede-se também a colaboração de todas as pessoas que limpem os destroços nas suas residências, nomeadamente caleiras e sarjetas.

A previsão para os próximo dias é de aumento da pluviosidade, bem como da intensidade do vento.

O Plano Municipal de Emergência continua activo.

voltar ao topo ↑