Torres Vedras

Tolerância de Ponto - Carnaval - reação à decisão do governo

03.02.2012

Foi com um "arrepio na espinha" que o Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Miguel, ouviu a notícia de que o governo não iria conceder tolerância de ponto na terça-feira de Carnaval.

Nas palavras de Carlos Miguel "o sr. Primeiro-ministro revela uma grande insensatez quando nesta altura de crise que o país atravessa deveria ser o mais sensato. Está a ser impossibilitado às pessoas que nesse dia se possam divertir, esquecendo por momentos os problemas que o país atravessa".

De acordo com declarações do mesmo, com esta decisão não se está a respeitar uma tradição, na certeza que trará um impacto negativo na economia local e regional, resultando assim num prejuízo directo no corso de terça-feira, o qual recebe habitualmente cerca de 40.000 visitantes, sendo que anualmente o evento recebe mais de 300.000 visitantes.

Como forma de contestação, está neste momento "em cima da mesa" a possibilidade de se realizar uma manifestação com os tradicionais Cabeçudos, sábado dia 18, à porta da residência do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, à semelhança do que ocorreu há cerca de 20 anos quando o então primeiro-ministro Aníbal Cavaco Silva pretendeu retirar a tolerância de ponto também na terça-feira de Carnaval.

voltar ao topo ↑