Torres Vedras

Requalificação do miradouro "meia laranja"

21.06.2018

A requalificação do miradouro “meia laranja”, situado no acesso ao Forte de S. Vicente, é também um dos projetos previstos no PARU (Plano de Ação de Regeneração Urbana) e no PEDU (Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano).

Recorde-se que este miradouro dispõe de uma vista panorâmica privilegiada sobre a cidade, ocupando também uma posição de charneira entre as zonas norte e sul da encosta de S. Vicente.

Aquela intervenção inclui: a requalificação do espaço público e da estrutura verde envolvente, mediante trabalhos de pavimentação, organização do estacionamento, introdução de mobiliário urbano e reabilitação e tratamento das áreas verdes; a reabilitação estrutural e a melhoria da imagem do miradouro, assim como a introdução de equipamentos e dispositivos no mesmo, como leitores panorâmicos e pontos informativos, que potenciem e enriqueçam a experiência de visualização panorâmica; e a criação de ligações pedonais ao tecido urbano localizado a norte e a sul, promovendo-se desta forma a coesão territorial e social destes territórios e da cidade.

A obra visa cumprir dois propósitos estratégicos: por um lado, ligar a zona sul e a zona norte da encosta, tendo o miradouro como espaço de mediação; e, por outro, consolidar a estrutura ecológica urbana da cidade, assegurando a continuidade ao corredor ecológico que se desenvolve a partir do Choupal.

A concretização deste projeto assume-se como um instrumento essencial na “qualificação e modernização do espaço, equipamentos e ambiente urbano, incluindo espaços verdes e mobiliário urbano”, alinhando-se com as estratégias de desenvolvimento urbano sustentável nacionais e europeias que colocam hoje a regeneração urbana como instrumento essencial de revitalização das cidades, nas suas dimensões urbana, ambiental, social e económica.

 

 

NÚMEROS

Área: cerca de 10.920m2

Valor: 353.753,80€ (cofinanciado em 85% pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional)       

Prazo: 1.º semestre de 2020

Projeto: Área de Projeto (Câmara Municipal)            

voltar ao topo ↑